sábado, 19 de junho de 2010

Poema da Gratidão


Agradecemos-te Senhor,
Pela glória de viver
Pela honra de amar!
Muito obrigado Senhor, pelo que me deste, pelo que me dás!
Muito obrigado pelo pão, pelo ar, pela paz!
Muito obrigado pela beleza que meus olhos vêem no altar da natureza!
Olhos que fitam o ar, a terra e o mar,
Que acompanham a ave fagueira que corre ligeira pelo Céu de anil
E se detém na terra verde salpicada de flores em tonalidades mil!
Muito obrigado Senhor porque eu posso ver o meu amor!
Diante da minha visão, pelos cegos eu formulo uma oração:
Eu sei que depois dessa lida, na outra vida eles também enxergarão!
Obrigado pelos ouvidos meus que me foram dados por Deus.
Ouvidos que ouvem o tamborilar da chuva no telheiro,
A melodia do vento nos ramos do salgueiro,
As lágrimas que choram os olhos do mundo inteiro.
Diante da minha capacidade de ouvir pelos surdos eu te quero pedir:
Eu sei que depois desta dor no teu reino de amor eles também ouvirão!
Muito obrigado Senhor pela minha voz!
Mas também pela voz que canta, que ensina, que alfabetiza.
Que canta uma canção e teu nome profere com sentida emoção!
Diante da minha melodia quero te rogar pelos que sofrem de afazia,
Pelos que não cantam de noite e não falam de dia.
Eu sei que depois dessa dor no teu reino de amor eles também cantarão!
Muito obrigado pelas minhas mãos.
Mas também pelas mãos que oram, que semeiam, que agasalham.
Mãos de amor, mãos de caridade, de solidariedade.
Mãos que apertam mãos.
Mãos de poesias, de cirurgias, de sinfonias, de psicografias...
Mãos que acalentam a velhice, a dor, o desamor.
Mãos que acolhem ao seio o corpo do filho alheio sem receio.
Pelos meus pés que me levam a andar sem reclamar:
Muito obrigado Senhor porque eu posso bailar!
Olho para a terra e vejo, amputados, marcados, desesperados, paralisados...
Eu sei que depois dessa expiação, na outra encarnação, eles também bailarão!
Muito obrigado Senhor pelo meu lar! É tão maravilhoso ter um lar...
Não importa se este lar é uma mansão, um grabato de dor, um bangalô, seja lá o
que for!
O importante é que dentro dele exista o amor!
O amor de pai, de mãe ,de marido, de esposa, de filho, de irmão...
De alguém que lhe estenda a mão, mesmo que seja o amor de um cão,
Pois é tão triste viver na solidão!
Mas se eu não tiver ninguém para amar, um teto para me acolher, uma cama para
me deitar:
Mesmo assim não reclamarei nem blasfemarei! Simplesmente direi:
Obrigado senhor porque nasci, obrigado porque creio em ti! pelo teu amor
obrigado Senhor! Muito Obrigado...

Divaldo Pereira Franco

Sem comentários:

Enviar um comentário

Quando eu quero falar com Deus..

A MISSÃO

Cada "Filho do Sol" é um "Trabalhador da Luz", aquele que veio para este mundo com a nobre missão de difundir a Luz entre os seus semelhantes. Todos estão sendo convocados para a maior acção coletiva na História da Humanidade, que deverá atuar com base em uma ética planetária e um grande amor pela Mãe Terra.Cada ser humano é um reposítório de conhecimentos e diferentes habilidades. Todos, sem exceção serão necessários. Ninguém poderá esquivar-se dessa nobre e urgente missão, pois o destino do planeta está em jogo. Cada um de nós, deverá refletir quanto ao que singifica ser um "Trabalhador da Luz", um "Filho do Sol". O primeiro passo da missão será descobrir a si mesmo; o passo seguinte, depois da transformação pessoal, será participar ativamente da transformação do mundo.Mas tudo deverá ser rápido e dinâmico, bem de acordo com a época em que vivemos. Tenha amor por este belo planeta. Ele é a extensão de seu próprio corpo. Destruindo a Terra, destruiremos a nós mesmos. Destruiremos a magnífica Obra Divina!"
Seja a mudança que você quer ver no mundo".

Que o Deus Sol, abençõe suas palavras e ilumine os seus pensamentos...Para sucesso...Para amor...Para saúde...Para felicidade...Que os vossos Caminhos sejam iluminados pelos Grandes Mestres do Universo... Deus está em teu coração e o teu coração está em Deus... Namastê!
Orkutei.com.br